10 sinais de que seu casamento pode acabar em divórcio

01 de junho de 2011 - Por: , em: Artigo/Notícias

“10 constatações científicas que prometem colocar o seu casamento em risco. Caso você se encontre nas estatísticas abaixo, má notícia: o estrago já está feito. Pelo menos você não será pego de surpresa, não é?

Menor idade
Pesquisadores do Centro Nacional de Estatísticas de Saúde dos EUA dizem que, se a mulher se casa antes dos 18 anos, tem 48% de chances de acabar divorciada antes das bodas de estanho (traduzindo: o aniversário de dez anos de casório). O risco cai para 40% se a noiva se casa aos 18 ou 19 anos, para 29% se está entre os 20 e os 24, e para 24% se tem 25 ou mais.

Sexo frágil
O pessoal da Universidade de Columbia, nos EUA, comprovou que lidar com o sexo feminino não é nada fácil. Segundo eles, se o casal tem dois filhos homens, o casamento tem “apenas” 37% de chances de acabar. Se tem duas filhas mulheres, o risco de divórcio sobe para 43%.

Um passado
Se você já “juntou os trapinhos” e morou com um(a) namorado(a) antes de se casar com o marido ou esposa atual, suas chances de se divorciar são duas vezes maiores, diz um grupo de estudiosos da Universidade Estadual de Ohio, nos EUA. Viu? Foi realmente uma má ideia.

Etnia
De acordo com o Departamento de Saúde dos EUA, se você é uma mulher negra, seu primeiro casamento tem 47% de chances de acabar em divórcio. Para mulheres hispânicas, são 34%. Brancas, 32%. Asiáticas, 20%.

Na saúde e na… Ops, só na saúde
Se você, mulher, for diagnosticada com câncer ou esclerose múltipla, seja forte em dobro, porque a desgraça pode não parar por aí. Um estudo da Universidade de Utah, nos EUA, mostrou que os homens são seis vezes mais propensos do que as mulheres a abandonar a cara metade se ela fica doente. Feio, né?

Profissões de risco
Se você trabalha como dançarino ou coreógrafo, enfrenta 43% de chances de acabar divorciado. O risco é de 38% para massagistas, 22% para treinadores de animais e 19% para matemáticos.

Tá tranquilo
Agora, se você é dentista ou fazendeiro, comemore. Seu casamento tem só 8% de chances de chegar ao fim. Os engenheiros também estão na melhor, com 7%. As estatísticas vêm lá da Universidade de Radford, nos EUA.

Emburrados
Crianças que não sorriem para as fotos viram adultos com cinco vezes mais chances de se divorciarem. É que, segundo outros pesquisadores dos EUA, a falta do sorriso é um sinal de que você não é uma pessoa muito otimista e, portanto, vai ter menos habilidade para lidar com os problemas do casamento.

Mais atenção
Se você tem um filho que sofre de Distúrbio de Déficit de Atenção (DDA), suas chances de acabar divorciado crescem 23% – e isso antes de ele completar oito anos de idade. O romance vai pelo ralo graças ao estresse e aos gastos associados a criar um filho com o problema, dizem pesquisadores de universidades de Nova Iorque e da Pensilvânia, nos EUA.

Guerra declarada
Por fim, a estatística mais violenta: segundo pesquisadores dos EUA, o casamento de uma mulher que segue carreira militar tem 250% mais propensão a acabar do que se os papéis fossem invertidos e o militar fosse o marido. Sinal de que, para essa guerra, treinamento não adianta.”

Via: Superinteressante

0 Seja o primeiro a profanar Adicionar novo comentário